Malta - Supernova

12 mil pares de sapatos criativos






Exposição com 12 mil pares reúne os sapatos mais criativos da história 



O Museu e Galeria de Northampton, na Inglaterra, deu início a uma das exposições de sapatos mais completas do mundo, com modelos de diversas décadas e criadores. 


A coleção tem mais de 12 mil pares de sapatos, desde modelos do Egito Antigo até os exemplares mais ousados do design contemporâneo britânico. 

Northampton, conhecida como a 'capital do couro' na Grã-Bretanha, é um importante centro de fabricação de calçados. A cidade tem tradição em centros de pesquisa e indústrias ligadas ao couro. 


Acima, sapato de plataforma criado pelo estilista John Fluevog, da marca Sacha, nos anos 1970 e o sapato criado por Terry de Havilland. 


Sapatos criados pela estilista Vivienne Westwood nos anos 1990. Foram estes os sapatos usados pela top inglesa Naomi Campbell ao tropeças na passarela em 1993. 
Ao lado, botas de camurça bordadas, criadas por Kurt Geiger em 1970.


Os sapatos envernizados da imagem acima são tamanho 46, que faz pensar que eles podem ter sido criados para um homem. 
Ao lado: Sapato "A Empregada Doméstica", que alude a um uniforme e foi criado e fabricado por Thea Cadabra e James Rooke em 1978.

A cidade também abrigava outras indústrias relacionadas com o couro. Na foto, o sapato com uma mulher nua, criado por Rodolfo Azaro em 1978. 
E nos anos 1920, sapatos com saltos laqueados encrustados de jóias, como os que aparecem nesta foto ao lado, estavam na moda.

Esta sandália de plataforma e salto altíssimo também foi feita em tamanho grande, possivelmente para um homem. Acredita-se que o calçado tenha sido feito no início dos anos 1980.
A bandeira do Reino Unido aparece nesta bota de plataforma e salto brilhante, que foi criada pela marca de calçados Shellys, em 1998, e ficou famosa em todo o mundo. 



Seguidores