Malta - Supernova

Pesquisas mostram que exame de sangue poderá detectar Câncer de Mama.




O câncer de mama é a segunda maior causa de morte entre as mulheres, depois do câncer de pulmão. 

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é o tumor mais comum entre as mulheres e acaba levando muitas à morte. É importante dizer que este tipo de câncer ocorre com maior incidência após os 35 anos, no entanto, existem diversos casos de câncer de mama em pessoas mais jovens.

Detectar câncer de mama em seus estágios iniciais é um grande desafio, pois as mamografias muitas vezes podem detectar anormalidades inexistentes, gerando alarmes falsos e fazendo com que mulheres se submetam a mais investigações ou até mesmo procedimentos invasivos para descobrir se realmente tem ou não tem câncer de mama. 

A cada 2 mil mulheres pesquisadas que se submeteram à mamografia, uma teve um câncer diagnosticado e foi salva, mas outras dez sofreram danos devido à triagem, principalmente porque levaram a testes e tratamentos com efeitos colaterais.

Uma pesquisa financiada pelo centro de Pesquisa de Câncer do Reino Unido em colaboração com a Universidade de Leicester e o Imperial College London mostra que num futuro próximo um simples exame de sangue poderá ser a maneira mais simples e precisa de detectar sinais iniciais de câncer de mama.


O mesmo teste de sangue também poderá melhorar o tratamento do paciente, ao detectar quais suas possibilidades do câncer voltar e a que drogas o seu tipo específico de tumor melhor responde.

Para tornar esse teste de sangue realidade os pesquisadores vão recolher amostras de sangue de mulheres atendidas na clínica de triagem e comparar o DNA do sangue de mulheres que são diagnosticadas com câncer de mama com aqueles que não tem câncer, a fim de descobrir quais marcadores de DNA são consistentes.

“Esta pesquisa significa que um dia as mulheres poderão fazer um exame de sangue anual, em vez de mamografias, com menos margem de erro, removendo qualquer preocupação e ansiedade para as mulheres que são chamadas para futuras investigações”, afirmou Dr. Jacqui Shaw, da Universidade de Leicester.

“Este tipo de ciência translacional é extremamente promissora e a comunidade científica internacional está colaborando no seu desenvolvimento. Se uma mulher tem câncer de mama, podemos saber isso através de seu DNA extraído do seu sangue. Mas o que estamos tentando descobrir em nosso estudo é quão cedo os sinais de câncer de mama aparecem em um exame de sangue”, explica Charles Coombes, especialista em câncer de mama do Pesquisa de Câncer no Reino Unido, e professor do Imperial College.

Apesar desse estudo ser focado no câncer de mama, os cientistas afirmam que há uma série de outros projetos estudando exames de sangue para detectar outros tipos de câncer, como de intestino e de pulmão.

“Nós realmente esperamos que, em um futuro não muito distante, um simples exame de sangue que detecte câncer e ajude com opções de tratamento torne-se prática clínica padrão”, disse Kate Law, diretora de pesquisa clínica do Pesquisa de Câncer.



Você poderá gostar também:

Mulheres! O que será que tem dentro? Clique e descubra!
- 5 fatores que aumentam o risco de câncer de mama.
Quem dirige melhor o homem ou a mulher?
Combata o envelhecimento com sucos
Alimentos podem barrar o envelhecimento.
Dormir bem é fundamental!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores